Os dois lados...


Meu corpo encurta com o passar do tempo, Minha mente alonga com o tempo passando... Meus sentidos lentamente se limitam, Minha alma entende e abraça o infinito... Enxergo com menos nitidez os detalhes estéticos, Jamais vi tanta beleza, tanto encanto, em cada canto... Sinto cada dia uma dor, Meu ser, não sei como, Transborda amor... Meus ouvidos estão piores, Cansados de tantas tolices... Conversas me escapam, Que pena..., O vento leva as palavras doces que eu queria ouvir... Escuto melhor agora a sabedoria do silêncio... Canso-me mais facilmente, Minha disposição é de outra natureza, Mais leve, sutil, mental... Recupero-me das lesões vagarosamente, Cicatrizo melhor emocionalmente... Metabolizo menos, A saciedade é mais fácil, A digestão é mais lenta, O discernimento é mais claro... A sexualidade é menos ativa, O afeto é maior, mais intenso... Acabou-se a agonia do desejo imediato, Experencio o prazer do encontro sincero, Celebro com alegria o contato verdadeiro... Não posso leites e doces, Há tanta doçura em mim... Para que mais doces? Não preciso mais correr, Não quero chegar lá... O aqui me basta, Meu tempo é agora... Não serei feliz quando... Sou feliz sendo... Meu corpo insiste, Imperfeito, Tem dor e defeito... Respiro com calma... Minha mente acalma Repousa... Perfeita...

#Pessoal

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
No tags yet.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square